[Bate Papo] Entrega de livros + Nova Caixa Postal

em 18 novembro 2019

Olá, gente! Tudo bem com vocês?

Hoje trago um assunto diferente, porém conhecido por todos desse universo literário: a entrega de nossos amados livros. Mais especificamente, a entrega através dos Correios.


Todo bookaholic tem uma enorme satisfação em comprar/receber livros, e ter um blog literário significa que esse fluxo de recebimento aumenta muito, seja por nossas próprias compras (das várias indicações que vemos), sorteios ganhos ou livros cedidos em parceria com autores e editoras. O fato é que precisamos de um serviço de entrega para nossas encomendas e o mais utilizado é a empresa dos Correios.

Sou do tipo de pessoa que acompanha o envio dos livros várias vezes por dia com o rastreio, seja através dos Correios ou transportadora de algum site de compra. Quando o status muda para "saiu para a entrega ao destinatário" bate aquele felicidade, não é mesmo?! Sempre tive enorme alegria em receber os entregadores com meus novos "filhotes" e no meu endereço anterior eu até era conhecida por eles, visto que recebia bastante livros.

Entretanto, ultimamente tenho tido diversos contratempos com os Correios, não sei mais o que é receber um carteiro! Com meu novo endereço só tenho dor de cabeça e já estou a ponto de "arrancar" os cabelos com as minhas encomendas.  Eles não entregam mais de jeito nenhum, alegam diversos motivos e, na maioria das vezes, preciso ir até a Central de Distribuição para fazer a retirada, isso quando eles não resolvem devolver por qualquer outro motivo sem sentido.

Portanto, decidi fazer a assinatura de uma caixa postal por um período de experiência.
Sim, agora temos uma caixa postal! Vocês já podem me enviar os mimos de natal rsrs. Brincadeiras á parte, fiz a assinatura para verificar se os meus problemas em relação ao atraso, entrega e devolução serão reduzidos. Visto que a maioria das entregas são feitas através dos Correios, exceto aquelas que são realizadas em sites grandes que são por transportadora.

Caixa postal 6602 - AC Calçada
Salvador/BA
Cep: 40411-970

Pesquisei sobre o serviço e vi que no meu caso pode ser uma solução. Sei que a caixa postal serve apenas para entregas realizadas através dos correios, mas isso não é um problema, pois as transportadoras dos sites em que realizo compras entregam normalmente em minha residência. Sei também que não vou mais ter a comodidade em receber meus amados livros, entregues pelos correios, em casa ( já não estava recebendo mesmo, então não faz muita diferença), mas acredito que não terei mais problemas com: destinatário ausente e endereço incorreto, além de ter mais privacidade com meu endereço. Então, que comecem o período de teste da nova caixa postal! Espero que essa seja uma boa experiência para mim.
 
Agora me contem, vocês têm/já tiveram problemas com a entrega de seus livros com os correios? Conhecem o serviço da Caixa Postal?
Me falem sobre suas experiências.

Beijos
LEIA MAIS

[Resenha] A Magia de Christian Luciano - Gredan Risolein

em 15 novembro 2019

Olá, gente! Tudo bem com vocês?

A resenha de hoje é de um livro surpreendente do autor parceiro do CE, Gredan Risolein.
Confiram!


Título: A magia de Christian Luciano
Autor (a): Gredan Risolein
Páginas: 407
Ano: 2018

Sinopse
Você achava que a magia era mentira. Você acreditava que a morte era o fim de tudo. Você pensava que podia ser uma criança normal e viver sua vida com tranquilidade. Talvez você gostaria de ser apenas aquele menino de 6 anos que vai à escola e brinca. Mas para Christian Luciano tudo era diferente. De repente ele descobriu a verdade e então todos queriam que ele se tornasse um verdadeiro homem. Eles precisam de você, Christian Luciano! Eles precisam que você volte a ser Driegus Niponeri. Não importa o que você faça, você não conseguirá escapar do seu destino.





Resenha


Confesso que iniciei a leitura sem muitas expectativas, com uma ideia completamente diferente sobre o enredo do livro e fui surpreendida positivamente com a história.

Christian Luciano é um menino que nasceu no Rio de Janeiro e desde muito cedo teve a sua primeira experiência incrível com um universo de Guisaro, um reino paralelo fantástico do qual ele nunca mais se esqueceu e que tentou por diversas vezes voltar. Aos 6 anos de idade, começou a ter um contato mais forte com esse reino e passou a conhecer as pessoas que lá viviam, revelando sobre a grande responsabilidade que ele possuía.

No plano astral, em Guisaro, o Mago Afonso observava Christian e sua incrível habilidade de conseguir chegar até esse plano e usar magia, suspeitando que ele é a reencarnação do grande herói Driegus Niponeri, que desapareceu após uma grande batalha com seu irmão e arqui-inimigo, Gilmon Kanerum. Mas a volta de Driegus significa também a volta de Gilmon e sua mente sádica, maquiavélica e narcisista. Temendo o pior, todos depositam suas esperanças em Christian, na possibilidade dele se lembrar de todo o seu passado e retomar o grande poder que possuí.



Ultimamente tenho lido muitos livros com a temática espírita, visto que tenho uma parceria com a editora ide, portanto já estou um pouco familiarizada com enredos que tratam sobre reencarnação e plano astral, então não senti nenhum estranhamento com essa parte da história e vi bastante sentido.
Apesar de parecer um livro que trata sobre religião, durante a leitura fica claro que trata-se principalmente de uma boa fantasia, onde o autor não nos induz a seguir nenhuma doutrina.

A princípio foi estranho embarcar numa história cujos personagens principais tinham apenas 4/6 anos, com diálogos e atitudes maduras. Mas, com o decorrer da leitura fui me adaptando e me envolvendo bastante com o Christian e sua amiga Ana/Vivian.

“Para ser criança é preciso encarar a inocência, a beleza da nova oportunidade de recomeçar e perdoar erros, esquecer traumas e angústias.”

O livro possui vários plot twist que nos deixa cada vez mais ligados na leitura. O autor trouxe vários fatos misturando o real ao fictício, apresentando alguns acontecimentos históricos, tendo como ponto alto Chernobyl (a maior tragédia nuclear da história). Apresentando bastante conhecimento sobre diversas áreas, como geografia; química; física; esoterismo, etc, fica claro que foi feito uma grande pesquisa para a criação do livro, admirei bastante isso.

A ambientação foi perfeita e um dos pontos mais positivos da obra. A história se passa em 1986, principalmente, no Rio de Janeiro e em Guisaro (um lugar fantástico que, acredito, todos gostariam de visitar), mas também somos transportados á lugares incríveis, cheios de magia e com cenários maravilhosos (somos levados até mesmo á Lua!). Tudo com bastante propriedade e com descrições bastante detalhadas. 

"Talvez as pessoas da terra estivessem precisando de mais fé e mais milagres. Acreditar na magia da vida, e entender que o universo é muito maior e mais rico do que aparenta ser."

Estava há bastante tempo com o livro na minha lista esperando para ser lido e me arrependo de não ter iniciado antes. Mas, estou bastante satisfeita ao saber que já possui um livro dois, que eu claramente quero conferir, pois foi ótimo me aventurar com o Christian Luciano e conhecer o Reino de Guisaro.


A Magia de Christian Luciano é um livro cheio de criatividade, com várias aventuras, magia e com um enredo cheio de emoções. Mas, que acima de tudo, nos faz refletir sobre nossas ações, sobre o mundo em que vivemos, reforçando sobre a força do bem e o poder do perdão e ajuda ao próximo.


Beijos
LEIA MAIS

[Resenha] Só Você #1 - Manu Rolim

em 13 novembro 2019


Título: Só Você
Série: Só Você #1
Autor (a): Manu Rolim
Páginas: 224
Ano: 2015

Sinopse
A linda estudante pernambucana Ellis decide passar suas férias de verão na paradisíaca Praia dos Reis, onde se envolve na relação mais sensual e intensa de sua vida com um homem irresistivelmente atraente e possessivo: o médico Felipe. Acostumado a ter todas as mulheres que deseja e descartá-las em seguida, logo percebe que com essa garota as coisas seriam diferentes. Felipe está disposto a fazê-la só dele e não medirá esforços para isso. Um verão com muita paixão, muito sexo, muita intensidade... Dizem que amor de verão não dura para sempre. Será esse capaz de superar o ciúme, a distância e a volta à realidade?


Resenha


Há bastante tempo não lia um livro erótico, portanto fiquei empolgada com a leitura de Só Você e sua continuação Sempre Você, posso dizer que foi uma leitura muito gostosinha e não decepcionou.


Ellis é uma pernambucana, estudante de Nutrição, sempre muito centrada e determinada. Seus dois fiéis amigos são Débora, uma romântica incorrigível, e Gustavo, um gay arrasador.  Após mais uma decepção amorosa de Debi, para juntar os cacos de sua amiga, Ellis decidi que em suas férias da faculdade os três vão fazer uma viagem inesperada.

Na estrada e sem destino certo, eles acabam parando na Praia dos Reis, um lugar lindo e que promete muita diversão para os três. O que a Ellis não esperava é que ela não apenas ajudaria a cuidar do coração partido de sua melhor amiga, como também encontraria alguém que derrubaria suas defesas em relação ao amor.

Felipe é um médico lindo, sedutor, acostumado a ter todas as mulheres que deseja e que não se apega a ninguém, isso até conhecer Ellis, a primeira mulher que ele sentiu ser diferente de todas que já conheceu.
Com a atração irresistível de ambos, que logo evolui para algo mais, temos um romance intenso, recheado de sensualidade e que precisa superar a distância, afinal Felipe mora no Rio de Janeiro e Ellis em Pernambuco.



A narrativa é em primeira pessoa, alternada a cada capítulo intercalando sob a perspectiva de Ellis e Felipe. Adorei essa dinamicidade, pois nos permiti entender os sentimentos de ambos.
Por se tratar de um livro erótico, é claro que temos cenas de sexo, mas a Manu soube dosar perfeitamente essas cenas e descreve-las sem tornar a narrativa muito vulgar. Nos vemos envolvidos por esse romance que possui muita sensualidade em suas páginas.


A Ellis foi uma personagem que simpatizei bastante, forte, decidida e que valoriza muito a amizade. Isso foi uma das coisas que gostei bastante no livro, a capacidade da autora de nos trazer personagens e situações reais. Sem contar a ambientação linda do livro, temos Pernambuco, Rio de Janeiro, mas a maior parte do enredo é ambientado no vilarejo de Praia dos Reis. É maravilhoso ler um nacional onde o autor exalta os cenários brasileiros.

Outra coisa que gostei bastante no livro foi a trilha sonora. Temos músicas, da Ana Carolina, Fábio Júnior, Marisa Monte... e principalmente Leoni, artista que a Ellis é fã.

"Havia percebido que não controlava meus sentimentos. Simplesmente tinha  deixado Felipe invadir minha mente, meu corpo e mesmo que não reconhecesse, meu coração."

Quando terminei, estava tão envolvida na história que corri para ler a continuação, muito agradecida por que a Manu mandou os dois livros de uma vez e eu não precisaria esperar para saber o desfecho da história desse casal. Mas, eis que a história não termina no segundo volume e o final nos deixa querendo mais! (Mas, isso é papo para outra resenha).

Só Você trata-se de uma leitura gostosa, com um enredo que não possui nada complexo ou com grandes tensões, apenas a história de uma paixão repleta de desejo, ciúmes e desentendimentos, além de mostrar os valores de grandes amizades. Aconselho muito para quem gosta do gênero.

LEIA MAIS

#TAG: Novembro Azul

em 10 novembro 2019

Olá, gente! Tudo bem com vocês?

Como todos já devem saber, estamos no Novembro Azul, mais um mês com campanha de valorização a vida.
O Novembro Azul é um movimento mundial que ocorre todos os anos durante o mês de novembro, com o intuito de alertar sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens.
Para aderir á campanha, estou trazendo uma tag que vi no ig @estacoesliterarias.

Vamos lá!




1. Azul: Um livro com capa azul



Bird Box (sou apaixonada nessa edição de capa dura).


2. Homem: Um livro que tenha um protagonista masculino



Inferno - Dan Brow (O Código da Vince, O Símbolo Perdido ou Anjos e Demônios, qualquer um desses que tem Robert Langdon como protagonista).


3. Exame: Um livro que você tenha medo de começar:


O Diário de Anne Frank (tenho o livro aqui há um tempo já e estou me preparando para a leitura, apesar de gostar de livros ambientados durante a Segunda Guerra Mundial, acredito que esse será mais difícil).


4. Doença: Um livro que algum personagem tenha câncer


Dançando sobre cacos de vidro (não resisto a um livro com enredo dramático e emocionante, esse livro além abordar a luta contra o câncer, fala sobre também sobre a bipolaridade, doença pouco vista em livros).


5. Vergonha: Um livro que o personagem sofra preconceito


Extraordinário (Auggie é um exemplo de superação, uma criança que sofreu bastante preconceito por conta da sua aparência. O livro mostra como algumas pessoas podem ser cruéis, mas também mostra como outras tem a capacidade de espalhar a bondade e gentileza).


6. Prevenção: Um livro que você previne as pessoas, falando para ela não ler

Nunca faço isso.  Opinião é algo pessoal e uma leitura que não foi agradável para mim pode ser maravilhosa para você.


7. Médico: Um Livro que te deixou em estado de choque


Proibido (quando iniciei a leitura sabia que se tratava de um assunto polêmico, a leitura despertou sentimentos controversos em mim, mas o final foi impactante e me deixou em estado de choque).


Sintam-se á vontade para responder a tag também.

Beijos
LEIA MAIS

[Divulgação Nacional] Autor Brad Crowley

em 07 novembro 2019

Olá, gente! Tudo bem com vocês?

Hoje venho trazer a divulgação nacional de um dos parceiros do CE, o Brad Crowley. O autor tem livros de vários gêneros como: policiais, terror, drama e erótico. Ou seja, dentre todos os seus lançamentos provavelmente haverá algum de seu interesse.

Vamos conferir um pouco sobre o autor e suas obras.



Sobre o autor


Meu nome é Sergio, eu sou escritor e escrevo sob o pseudônimo de Brad Crowley. Sou advogado e biólogo de formação, e me especializei em Biologia Molecular. Depois ingressei na iniciativa privada e trabalhei 12 anos com Biologia Molecular e Biotecnologia em empresas. Atualmente ainda atuo na área de biologia e dou aulas de inglês.
Nasci em São Paulo e vivi quase toda minha vida nesta cidade. Desde criança gosto de escrever. Mais recentemente encontrei um prazer imenso em escrever livros, em especial livros policiais, terror, drama e erótico. Também incursei pelos temas LGBT nos últimos tempos.
Gosto de tramas bem boladas e inusitadas com temas e locais incomuns.
Escritores que me influenciaram foram: Agatha Christie, Michael Crichton, Patricia Highsmith, Anne Rice, Stieg Larsson, Camilla Läckberg, James Joyce, Virginia Woolf, Edgar Allan Poe, Clarice Lispector, etc.
Meu lazer inclui sair com amigos, cinema, barzinho.
Gosto muito de usar referências dos locais onde se passam as tramas para ambientar meus romances, como por exemplo a ponte estaiada, a Avenida Paulista e o MASP em São Paulo.
Creio que a inspiração para escrever não surge quando nos sentamos diante de um computador e nos propomos a escrever. A inspiração é indisciplinada, surge quando estamos no trânsito, na sala de espera do dentista, num barzinho com amigos. Por isso costumo memorizar minhas
ideias e ir compondo uma história na minha cabeça, e só quando a ideia está pronta eu sento para escrever. Então sim, é um trabalho de disciplina.
Isso confirma a técnica de que não se deve começar sem saber para onde vai. Senão caímos naquela imagem antiga do escritor que sentava na frente da máquina de escrever e começava a datilografar seu escrito para logo se irritar, amassar e jogar no lixo. Não, o escritor deve começar a escrever só quando a história estiver inteira na cabeça, a trama inteira, os personagens bem delineados, etc. Surpresa só para o leitor.


Suas obras


Quem dá as Cartas? Anatomia de um Homicídio.

Sinopse
Dois casais, Gustavo e Ivan, Beatriz e Arthur, costumam reunir-se com frequência às sextas feiras para um drink, um jantar e um jogo de poker.
Depois de terminarem seus dias atarefados, reúnem-se na casa de Gustavo para sua usual diversão.
Gustavo é um homem de caráter forte e ligeiramente arrogante. Recebe seus convidados com elegância e generosidade, mas aos poucos vai ficando evidente uma forte rivalidade entre ele e Beatriz, namorada de Arthur. Beatriz, por outro lado, possui comportamento um pouco emotivo, impulsivo e temperamental.
Com o decorrer do jogo cresce muito a tensão entre Gustavo e Beatriz, ao mesmo tempo em que vão-se evidenciando uma submissão de Ivan em relação a Gustavo, entre outras coisas.
A tensão entre Beatriz e Gustavo vai crescendo durante o jogo, até que ela é surpreendida por fato imprevisto.
A narrativa é feita sempre sob o ponto de vista de três dos personagens, cada evento sendo narrado por Gustavo, Beatriz e Arthur a sua vez, apresentando, desta forma, diferentes pontos de vista de uma mesma situação.
O final do livro apresenta desfecho inesperado.


Conspiração na Babilônia

Sinopse
Em meio a um jantar no palácio real, o general Sargon, maior autoridade do exército babilônico, cai morto em cima da mesa.
Preocupado, o Rei Nebucadnezar, inbumbe o médico real de esclarecer o motivo da morte e seus dois assessores, Nergalsharezer e Zevonakradash, de investigar quem poderia estar por trás de uma possível conspiração.
No dia seguinte, o filho de Nebucadnezar, Evil-Merodach, durante uma noite romântica com uma moça nos Jardins Suspensos, avista uma imensa chama consumindo o armazém de madeira do exército. Logo fica claro que se tratava de incêndio criminoso.
A partir desses eventos, uma série de mortes e atentados começam a ameaçar a estabilidade do até então inabalável Reino da Babilônia. Estrangeiros, assessores, cônsules e emissários locais e até integrantes da própria família do Rei passam a ser suspeitos de uma conspiração entranhada no coração do Terceiro Império Babilônico.
Embarque neste romance histórico de suspense e viaje pela cultura e geopolítica da Babilônia no século 16 e suas nações vizinhas, Egito, Fenícia, Pérsia e Aram.


Perseguição frenética

Sinopse
O livro trata de uma louca escapada através das cidades e estradas dos Estados Unidos.
Travis filma acidentalmente uma cena de homicídio e passa a ser testemunha deste crime. O criminoso era um político muito poderoso de Chicago e Travis precisa ser protegido como testemunha. Foi designado um policial especializado em proteção de testemunhas, Kevin, e os dois vão se refugiar em Memphis. Lá encontram Chelsea, uma moça que está fugindo da família. Os três unem suas forças, mas são descobertos por seus inimigos e lançam-se em uma louca escapada, até que a trama em Chicago avance o suficiente para Travis depor. Travis é um pouco místico e acredita muito em Tarot. Durante toda sua escapada mantém contato com Aisha, uma cigana que lê sua sorte e o acompanha na fuga.



A Terceira Porta


Sinopse
Bruno, um rapaz gay da tribo urbana dos ursos sai para dançar com seus melhores amigos uma noite e acaba conhecendo Lucas, rapaz de beleza magnífica mas detentor de uma fama péssima.
Conforme o tempo vai passando, Bruno e seus amigos percebem que a fama de Lucas era inverídica, e que ele era um cara muito interessante, educado, simpático, entre outros adjetivos positivos.
Alguns personagens como Marcelo, porém, não aceitam a nova imagem de Lucas, achando que ele era um grande falsário fazendo teatro para obter algum resultado que ninguém identificava.
Com o tempo, os amigos de Lucas tentam juntos reverter a falsa fama de mau deste no ambiente que frequentam, ao passo que alguns acontecimentos extraordinários vão acontecendo, como pessoas que começam a cair sem motivo, animais que se tornam agressivos e mudam de comportamento subitamente e ambientes que ficam escuros, enquanto luzes macabras os atravessam, perseguindo-se. Isso acontece até que a trama tenha desfecho inesperado.


Em breve trago as resenhas de seus livros!

Beijos
LEIA MAIS

[Resenha] O Senhor das Terras - Wilson Frungilo Jr.

em 05 novembro 2019



Título: O Senhor das Terras
Autor (a): Wilson Frungilo Jr.
Páginas: 272
Ano: 2003
Editora: Ide

Sinopse
A busca pela cura para a doença fatal de Alfredo, um bem sucedido homem de negócios, é o tema deste novo romance. Dividindo-se em capítulos curtos abrangendo duas épocas alternadamente, seus personagens desfilam em ambas as encarnações, demonstrando as implicações da lei de causa e efeito. Ritmo, ação e ensinamentos espíritas, em linguagem acessível, são a tônica deste romance que termina por levar o personagem central ao encontro do médium Cláudio e das verdades espíritas.


Resenha


Entre passado e presente somos apresentados á duas histórias que são interligadas. Viajamos dos tempos atuais para a Idade Média em capítulos alternados durante todo o livro com maestria. Em O Senhor das Terras conhecemos as peripécias da vida e as consequências das nossas ações.


Na Idade Média, Alfius é conhecido como O Senhor das Terras, vivendo no castelo ele considera-se dono de tudo e de todos, eliminando qualquer um que o desafie ou não cumpra suas ordens. Sendo um homem ambicioso e egoísta seu alvo torna-se Clauter, um druida  e o único curandeiro da região, o motivo da perseguição? O curandeiro protege o Colar Sagrado e sabe os segredos de como manipular a Muscária, um cogumelo que, segundo os boatos, quem bebesse seu chá seria capaz de prever o futuro. Desconsiderando todos, Alfius faz de tudo para conseguir o que deseja.

Em paralelo a essa história, vamos para os dias atuais onde conhecemos Alfredo, um homem bem sucedido nos negócios e um bom pai de família. Sua vida ia bem até que ele descobre um câncer maligno, sendo desenganado pelos médicos que lhe dão no máximo 6 meses de vida. Com vários questionamentos sobre vida após a morte, ele começa uma busca por respostas e pela possível cura da doença, conhecendo assim o médium Cláudio. Um reencontro de espíritos redimindo seus erros através do caminho do bem.

"É, realmente, o senhor só tem motivos para chorar. Seis meses de vida... O que são seis meses? Para viver, nada. Para sofrer, esperando a morte, uma eternidade."

Com dois cenários distintos, mas intimante interligados, o autor nos conduz a uma "dança" onde viajamos do passado ao presente conhecendo cada personagem e no decorrer da leitura vamos fazendo a ligação de cada nome apresentado. Com uma narrativa fluida o autor finaliza cada capítulo com um ótimo gancho para iniciar o próximo em outra época.

Apesar de ambas as histórias serem interessantes, me vi lendo rapidamente os capítulos dos dias atuais para voltar a Idade Media e acompanhar o desenrolar dos acontecimentos dos personagens do passado. O enredo e ambientação medieval foi o que mais me prendeu a leitura.

O Senhor das Terras é um livro que nos traz muitos ensinamentos e reflexões. Nos mostra que é possível evoluir e nos tornarmos seres humanos melhores que faz o bem sem segundas intenções e que no lugar de julgar e condenar, devemos auxiliar o próximo na mudança para melhor.

Até mais!
LEIA MAIS


Topo