#Top 3 Especial: Super Mães Literárias


Olá gente, tudo bem?

Como todos sabem hoje é dia das mães. Aquela que nos colocou no mundo, nos amou, ensinou o certo e o errado, nos aconselhou e esteve sempre presente quando precisávamos.
Apesar de eu achar que todos os dias é dia dessas mulheres que fazem de tudo por seus filhos, é muito bom ter uma data especial para reforçar a importância delas em nossas vidas, não é mesmo?
E para esse dia especial, eu preparei um top 3 para falar das mulheres da literatura que eu considero como super mães!

Vamos lá!


3º- Natalie Prior - Divergente

Natalie é a mãe da nossa querida Tris Prior, ao longo do primeiro livro descobrimos que ela é mais que uma simples altruísta da Abnegação.
Ela se mostra corajosa e demonstra o seu amor por seus filhos atráves de um ato corajoso. Mesmo que não tenha uma presença constante no livro, nos mostra de quem a Tris erdou suas melhores qualidades.

2º- Sra. Pullman - Extraordinário

A mãe do Auggie também é uma super mãe, e por incrível que pareça seu nome não é mencionado no livro - se foi, passou despercebido por mim- .A proteção e o amor por seu filho são evidente durante todo o livro. Ela não se deixa abalar pelos preconceitos dos outros, apesar de ser um pouco super protetora, seu cuidado e amor pelo Auggie é incrível.

1º- Sra. Lancaster - A culpa é das estrelas

A Sr. Lancaster sem dúvidas é uma super mãe que merece o primeiro lugar. Apoiou a Hazel em todos os momentos, incentivando-a e a apoiando em todas as suas decisões. E mesmo sabendo da sua doença e que a qualquer momento poderia perder sua filha, ela sempre esteve forte ao seu lado.

E vocês? Acrescentariam quem mais a essa lista?
Me contem!

Beijos

20 comentários:

  1. Acho que não tem mães mais marcantes pra você ter escolhido! Elas são tão presentes durante todo o livro, e passam uma mensagem bem "mãezona" mesmo. Adorei! *-*

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", vem conferir!

    ResponderExcluir
  2. Oii Eli, tudo bem??? Adorei a sua postagem =D
    Não consigo pensar em muitas mães literárias nesse momento :P , deve ser pq sempre foco nos filhos, hehe, que vergonha :P
    Mas lembrar delas, literárias e reais é sempre muito importante =D
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo joia?
    Adorei o post, adorei as mães escolhidas, não sei mais qual eu acrescentaria, já que a maioria dos livros que leio nunca abordam muito o foco para as mães, veja só que absurdo hahaha.

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post, essas mães são relamente maravilhosas, só não conheço a 2º... Acho Natalie uma super guerreira, e o que falar da Sra. Lancaster? Um ultra mãe. Merecem todo o amor do mundo literário <3 haha

    Beijo.
    www.tendadoslivros.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Eliana, tudo bem?
    Adorei a lista, são exemplos de super mães mesmo! <3
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Só não conheço a de Divergente, rsrs. Mas adorei a seleção e concordo com as duas escolhas que conheço, duas mães incríveis <3.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Realmente são grandes mães :)
    Dos livros citados li ACEDE e EXTRAORDINARIO e ambos os livros me emocionaram bastante .

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olha achei muito bacana sua homenagem para o dia das mães
    E também por ter postado sobre as obras literárias.
    Eu ainda não li nenhum desses livros, mas espero ler logo.
    Espero gostar bastante e que eu também me emocione, embora seja muito dificil isso acontecer, porque eu não sou do tipo que chora lendo livros hahahaha

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-boa-noite-estranho.html

    ResponderExcluir
  9. Oie Eliana =)

    Ah!! Que post mais amor <3!
    Linda homenagem para as mamys *-*

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  10. Das suas escolhas só li ACEDE e para falar a verdade mal me lembro da mãe dela hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oi, adorei o post! Tem muitas mães malas na literatura, mas essas são uns amores! Principalmente a mãe da Hazel, ela é muito forte!

    Beeijos, Paola
    uma-leitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. ADOREEEEI o post falando das mamães na literatura hahaha achei totalmente criativo!
    Beijos
    Um Mundo Em Duas

    ResponderExcluir
  13. Oi Lia,
    Concordo com você sobre a Sra. Lancaster. Ela foi uma mãezona e sempre fez de tudo para alegrar a filha. Foi uma bela relação de amor verdadeiro!
    Acho que eu incluiria nessa lista a Violet, mãe dos Bridgertons. Ela é um exemplo de mamãe coruja do século 19. Além disso, toda a força e coragem que ela demonstra, mesmo depois de perder o marido tão cedo, faz dela um exemplo de mãe.
    Beijos!

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Adorei o post Eliana!
    Gosto muuuito da mãe da Tris, mas as cenas da Hazel com a sua mãe são super emocionantes <3
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Adorei o post, a minha mae favorita é a mãe da Tris (Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
  17. Oie Eliana! :D
    Adorei a suas escolhas para esse post, se eu fosse acrescentar uma mãe seria a Senhora Darling, ela aguardou sempre com a janela aberta o retorno de Wendy, João e Miguel. <3
    Amooo esse livro! <3

    Beijos e até logo!
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  18. Oi
    São mães boas e que sempre ensinam coisas boas aos seus filhos, são uma parte importante dos protagonista literários.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi Lia :)
    Muito bom o post! São super mães mesmo! A Mão da Hazel é um exemplo de pessoa! A do Auggie nem se fala! <3
    Parabéns mães!
    Abraço!

    http://blogliterando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir