[Resenha] Doce Vampira - Ju Lund


Título: Doce Vampira
Autor(a): Ju Lund
Ano: 2015
Páginas: 197
Editora: AVEC

Sinopse
UM ROMANCE QUEER CHICK. Os vampiros se revelaram ao mundo, mas ainda sofrem muitas desconfianças dos humanos. Apaixonadas Duda e Esther precisam lidar com todos os tipos de discriminação por serem de raças diferentes e ambas do mesmo sexo. Será que o amor delas sobreviverá a segredos e ao fanatismo? Descubra nesse romance com toques de drama e mistério. Entre de cabeça no universo fantástico criado pela escritora Ju Lund.


Resenha

Em Doce Vampira somos levados a um mundo onde os vampiros não são mais um mito. Eles existem e, depois de muitos séculos, decidiram se revelar para a sociedade. Agora são como qualquer cidadão, com direitos e deveres a cumprir. Mas, sempre há aquelas pessoas convencionais que não lidam bem com o desconhecido, portanto os abominam. Com isso e com o que vem mais a frente, você já pode imaginar que tem uma quantidade razoável de polêmica no enredo.


Duda é uma garota normal de uma família conservadora. Após ser transferida -contra sua vontade- para uma escola particular e não conseguir se enturmar, acaba conhecendo Esther, uma vampira.
Sendo as únicas novatas, elas acabaram se aproximando e tornando-se amigas, porém a amizade acaba se transformando em algo a mais: elas se apaixonam.
Quando os pais de Duda descobrem, começam os problemas, a dicriminação em dose dupla! Forçada a passar tanto tempo longe de quem ama, Duda vê uma esperança com a proximidade de seu aniversário de 18 anos, onde ele poderia sair de casa e fugir com Esther. Entretanto, quando ela finalmente consegue ficar com Esther, descobre que conhece muito pouco, ou quase nada, da vampira e sua família misteriosa que parece esconder segredos dela.

"Eu não quero ficar com você para sempre. Eu preciso - disse com sua voz sedosa e profunda - eu não choraria se fosse embora. Eu morreria."

A Duda oscila entre a maturidade e a imaturidade. Gostei da forma como ela foi bastante esclarecida em relação a sua sexualidade. Quando ela percebe que gosta da Esther, não só como amiga, não há aquele mimimi de "mas ela é uma garota" ou "eu não sou lésbica, não posso gostar dela" até mesmo famoso "o que os outros vão pensar?". Ela é direta "eu a amo, não porta nada nem ninguém, pois é ao seu lado que quero ficar" e ponto! Está disposta a passar por tudo para ficar ao lado de Esther.
Em contra partida há a questão sobre diferença de raças. A seu favor, ela não se importa que Esther seja uma vampira, mas quando o assunto é sua possível transformação, sua imaturidade vem á tona. Toda vez que tocam no assunto ela se esquiva, foge, enrola e fica "empurrando com a barriga" até quando não é mais possível se esquivar e, em vez de esclarecer tudo e tirar suas dúvidas, ela faz burrada!

Duda e Esther têm que enfrentar, além da discriminção sexual, a discriminação racial. Obviamente, em uma sociedade intolerante, a discriminação vem de ambos os lados:  a família da Duda não aceita que ela se relacione com uma vampira e, os vampiros não permitem essa relação a menos que a Duda seja transformada. E, se você acha que para por aí, se engana!
Além disso tudo, temos um tipo de intolerância de uma religião fundamentalista. Um grupo de humanos fanáticos e extremistas que odeiam os vampiros criaram uma nova "religião" (Os Semeadores) para curar as pessoas que se deixaram envolver pelos vampiros.
E, o que resta saber é se o amor das duas irá conseguir passar por cima de tudo isso.

"Mas o amor é assim mesmo, não há regras, você o vive ou sofre por ele."

A Ju escreveu um enredo incrível! Abordou os preconceitos e discriminações que mais vemos nos tempos atuais: Sexualidade, religião e raça.
Ela consegue fazer várias críticas sociais em um só romance, com uma escrita gostosa e que nos envolve completamente. As críticas estão sempre ali, em todo o enredo, mas Ju as trata com uma sutileza admirável. Não é algo que nos cansa ou se torna repetitivo. As páginas passam rápido e ao final, fica a promessa de muito mais emoções para o próximo livro. A propósito, que final é aquele?! Não estava preparada para aquilo ás 4 da manhã - sim, fiquei a madrugada inteira lendo, pois precisava saber o desfecho - e Ju, pelo amor que você tem a seus leitores, lança logo o segundo livro!

A narrativa é em primeira pessoa, pelo ponto de vista da Duda. Há um capítulo especial narrado pela Esther, que nos deixa com gostinho de quero mais. Seria uma boa ideia intercalar a narração entre as duas no próximo livro. Nos aproximaria ainda mais da nossa vampira, pois nesse livro ficamos com a sensação de que não a conhecemos completamente.


Doce Vampira não se trata apenas de mais um livro sobre vampiros. A começar pelo romance:
a opção sexual das duas, os preconceitos que vêm com ela, o fato de ser uma humana com uma vampira. Tudo isso nos coloca para pensar em como as pessoas reagem ao desconhecido, em como nossa família reage quando tomamos uma decisão inesperada, e até ponto nos aceitam quando começam a nos ver de uma forma diferente.
Com uma escrita fluida somos levados através de um enredo sobrenatural que mistura romance, mistérios e quebras de preconceitos. Um livro com um enredo original, e que eu mais que recomendo!




20 comentários:

  1. Oi Eliana!
    Tenho muita vontade de ler este livro, gostei muito de conferir sua opinião. Muito bom quando o autor reinventa os vampiros, fiquei curiosa para conhecer essa sociedade deste livro, onde existem humanos e vampiros. Parece ser uma estória cheia de conflitos. Interessante saber que aborda assuntos presentes no nosso cotidiano e críticas. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Eliana.
    Achei bem interessante esse plano de fundo fantástico para tratar de assuntos bem reais, como o preconceito. Adoro quando a literatura faz esse afastamento para tratar da realidade.
    Com certeza lerei o livro. Excelente dica!

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  3. Olá! Liana,confesso que não gosto muito de ler livros com vampiros (rs.) - sou chatinho com isso -, mas esse parece ter uma forte crítica social e eu amo isso! Buscarei mais opiniões sobre ele. Adorei sua resenha.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    http://blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá ...
    Conheci esse livro por acaso em um blog , e fiquei muito interessada ;)
    Todos estão dizendo que é um livro diferente sobre vampiros , estou mega curiosa para ler .

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ainda não conhecia o livro, mas me interessei por ele. Me pareceu que o vampirismo não é o foco aqui, o que me alegra. Se der vou ler para saber como a autora tratou dessas questões tão importante nos dias de hoje. Geralmente não gosto de livros que envolvam nada de religião pois, os autores só sabem mostrar o lado intolerante dos fieis e como cristã isso me atinge.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu não conhecia o livro, mas me interessei muito, ainda mais por conter temas "polêmicos"
    Espero poder ler ele em breve, adorei sua resenha
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Eliana!
    Bem interessante a premissa do livro, primeiro pelo lado fantástico, amo a mitologia dos vamps, e uma sociedade onde ele não são escondidos? É mara e tipo True Bloond, e depois pelo romance e as questões que saem da fantasia para uma crítica atual! Ótima dica! Beijos
    Paulinha Juliana - Overdose
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/06/resenha-herdeira-selecao-4-kiera-cass.html

    ResponderExcluir
  8. Oi, Eliana! Tudo bem? Nossa, adorei a resenha e a dica de livro! Ainda não conhecia Doce Vampira, acredita? Mas adorei conhecê-lo. Muito legal o fato de a autora fazer várias críticas na obra, gosto muito quando os autores fazem isso. E a premissa da obra também é muito legal, espero ler o livro em breve! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Já ouvi algumas coisas muito boa com relação a esse livro. Apesar de não ter lido, eu achei uma ideia maravilhosa da autora em abordar as diversas formas de preconceito. Isso é um fator bem positivo.

    http://ventoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Eliana!
    Não estava muito interessada pelo livro devido à temática sobrenatural, mas a sua resenha me convenceu! Principalmente devido às críticas e quebra de preconceito que a autora faz.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
  11. Olááá! Nuss eu amo vampiros! *-*
    Sua resenha me deixou super curiosa para ler o livro, sou fascinada por livros com essa temática mais sobrenatural!
    Beijos

    http://amadoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oie,
    não conhecia o livro, mas gostei bastante da premissa.
    parece ser bem legal

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olha em se tratando de Romance é comigo mesmo.
    Embora eu esteja dando uma variada no meu gênero de leitura, porque
    estou um pouco cansada de ler a mesma coisa sabe?
    Mas eu adoro Romance, não tem jeito! hahahahaa

    Mas olha lendo sua resenha gostei bastante da trama
    e fiquei curiosa para saber o que acontece com as personagens.
    Espero ter a chance de ler assim que puder =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/resenha-spirit-animals-lacos-de-sangue.html

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Apesar de gostar de vampiros confesso que esse não me cativou muito :/
    Abraço,
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
  15. Oi,
    Não conhecia e o livro, e para falar a verdade e a sinopse não me deixou nem um pouco interessada. Mas a sua resenha, fez o contrário (rsrsr) deu para ter um visão diferente, e fiquei com vontade de ler!

    Beijos,
    Juh
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, curto muito uma história com vampiros e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece mesmo ser excelente.

    ResponderExcluir
  17. Haha que legal, tem um temática bem diferente, original. Só achei a capa bem nada a ver.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/2015/06/desafio-de-genero-suspense-ultima-vitima.html
    Tem resenha nova no blog de "A Última Vítima", vem conferir!

    ResponderExcluir
  18. Olá
    eu simplesmente amei esse titulo e a capa, rsrs, depois de sua resenha ai é que eu me apaixonei de vez pelo livro muito bom
    Bjks
    Passa Lá No meu Blog - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. não é o gênero que leio,mais gostei muito de suas palavras para o explica-lo
    unhas-e-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Oi Eliana, veio acompanhando o trabalho da autora, eu adoro historias vampirescas mas como não consigo ler em e-book não consegui ler o livro dela. Mas pelo que li a história parece ser ótima! Desejo sucesso a ela. Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir