[Book Tour] Resenha: Amor e Sangue - Francine Rossini


Olá gente, tudo bem?

Hoje eu trago a resenha do livro "Amor e Sangue" que faz parte do Book Tour organizado pela Gessica do blog Livros de Elite.

Título: Amor e Sangue
Autor(a): Francine Rossini
Ano: 2013
Páginas: 371
Editora: Baraúna

Sinopse
Benjamin, há mais de um século, decidiu transformar sua maldição em algo que pudesse ajudar a humanidade. Quando é convocado ao Brasil para ajudar sua família a exterminar um vampiro muito poderoso que se tornou uma grande ameaça, mas não esperava encontrar um amor que será capaz de mudá-lo para sempre. A dor pela perda de seu pai não deixou que Cecília perdesse a esperança de ser feliz. Um sonho. Uma revelação. Benjamin e Cecília terão de enfrentar muitos desafios para conseguirem viver esse amor. No luxuoso cemitério da Consolação vários vampiros encontram abrigo. Um deles, o mais poderoso, Marcos, liderando o clã mais sanguinário do Brasil, tem a esperança de trazer sua família para a vida noturna... Para sempre.



Resenha

Em 1857, a maior preocupação de Benjamim era o fato de que estava prestes a ficar noivo de Fabrícia, a garota que o seu melhor amigo -Júlio- gostava, e ele nada podia fazer para mudar essa situação. Porém, no dia do "noivado" acontece algo que muda completamente a vida desse trio. A eternidade torna-se a nova realidade deles.

Esse é o ponta pé inicial para toda história. Após ser transformado, Benjamin decide  não se alimentar de sangue humano e toma como objetivo matar todos os vampiros sanguinários e proteger os humanos. Assim é formado o clã O sol da meia-noite; um clã que pode ser considerado como uma família, formado por vampiros que se alimentam de sangue de animal e que protegem os seres humanos dos outros vampiros sanguinários. Clã, onde agora o trio -Benjamim, Fabrícia e Júlio- vivem.

Com a missão de proteger uma família de um vampiro sanguinário e perigosíssimo, é que Benjamim conhece Cecília. Uma garota de 17 anos, madura, centrada e gentil, que acabou de perder o pai de uma maneira misteriosa. Com ela, ele descobre um sentimento totalmente novo, que julgara nunca poder conhecer: o amor.

"[...] Não importava onde, nem o perigo que estavam correndo, se Cecília estivesse ao lado de Benjamim podia enfrentar tudo, nada a faria desistir do amor que sentia por ele, nem mesmo a morte seria capaz de separá-los."(p.78)

Foi esse amor instantâneo que a princípio, não me agradou. Não me canso de dizer, e posso até estar me tornando repetitiva, mas casal que é capaz comprar briga e morrer um pelo outro já no primeiro dia que se conhecem, não estão muito propícios a me arrancar suspiros.
E foi assim que o relacionamento de Benjamim e Cecília começou, no primeiro dia que eles se conheceram foi amor á primeira vista, aconteceu muita coisa que poderia ser desenvolvida com mais calma para tornar tudo mais natural. Achei que seria um casal que não me convenceria até o final do livro, porém, a Francine teve jogo de cintura e soube, posteriormente, desenvolver cenas e momentos que solidificaram o amor dos dois e acabou me convencendo e, consequentemente, me conquistando.

O enredo criado é interessante, não trata-se apenas de romance. A guerra entre dois clãs é evidente: de um lado o clã de Benjamim -os que se alimentam de sangue animal-, do outro o clã de Marcos - os que se alimentam de sangue humano. Fiquei esperando anciosamente pela batalha entre os dois lados. E eu gostei bastante da criatividade da autora, principalmente por não cair no clichê de que os os vampiros que se abstêm de sangue humano são mais fracos. Aqui eles são mais ágeis, mas fortes e podem sair á luz do sol, coisa que os sanguinários não podem.

"[...] Marcos jamais diminuiria seus adversários, sabia o quão fortes e velozes eles eram e que, seus guerreiros diminuiria consideravelmente após essa briga.[...]"(p. 277)

A escrita da  Francine é muito boa. Ela consegue ser fluida e detalhada ao mesmo tempo, com cenas descritivas que não são cansativas.  Consegui ler o livro rapidamente e já estou curiosíssima para ler a continuação, pois a Francine deixou um super gancho no final.

A diagramação é simples, mas contêm uns detalhes bem legais em cada capítulo. Só encontrei alguns erros na revisão, nada que dificultasse muito a leitura, porém é bom que haja uma boa revisão na próxima edição.

Recomendo o livro para quem gosta de livros que têm vampiros como tema principal. Com uma mistura de romance, um pouco de ação, uma pontinha de diverção, uma linguagem simples e, principalmente, uma leitura rápida.

Beijos e até mais!



27 comentários:

  1. Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas gostei pela a resenha. tô seguindo o blog anjo, se puder visita o meu, se gostar segue, beijos

    Dna Bookz / Fan page / Instagram

    ResponderExcluir
  2. Oi Eliana, adorei sua resenha! Muito obrigada! Beijos :D

    ResponderExcluir
  3. Ultimamente tenho fugido u pouco dos vampiros, por estou com uma ressaca deles. Principalmente os "fofoletes" que fogem completamente da Mitologia original. Prefiro sempre os sanguinários, notívagos e tudo o mais. Sei que nesse livro tem desses, mas também tem esses mais bonzinhos. Outra coisa que também não aprecio muito são esses romances instantâneos. Uma atração à primeira vista, tudo bem, mas amor?!?!
    Enfim, se tiver oportunidade, lerei, mas será em um futuro bem distante.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. Não gosto muito de livros de vampiros e tal, mais confesso que esse me chamou um pouco a atenção.

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Não é o tipo de livro que costumo ler, mas admito que esse me chamou a atenção.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ooi,

    Eu não costumo ler livros com vampiros, não é meu estilo favorito de leitura :(
    Gostei da sua resenha e concordo que casais que djuram amor eterno e se defende sem ao menos se conhecer direito, não me conquistam :(

    Fiquei feliz que a autora saiu da mesmice em histórias de vampiros, mas não leria por não curtir vampiros :(


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  7. Não sou muuuito fã de histórias que se passam em tempos antigooos... AH NÃO SER, que seja algo sobrenatural, aí eu aprovo! Haha'
    Gostei da capa, bjs

    ResponderExcluir
  8. Não gostei tanto da premissa. Apesar de amar mesmo vampiros. Mas gostei de ele tentar ajudar e salvar os humanos. Cecília não teve muito minha simpatia, apesar de o autor demonstrar ela ser madura e gentil. Também não gosto de amor instantâneo, apesar de a atração à primeira vista me agradar =}. Gosto de que não focou apenas em romance, é bom! Por ter uma escrita boa e fluida, acho que queria ler.
    Abraços Eliana.

    ResponderExcluir
  9. Ah só queria que tivesse focado mais no romance. Tipo meio a meio. Assim ficaria perfeito para mim. Mas quem sabe mesmo assim eu não curta.

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Pois é... nunca li nada de vampiros.Quero começar com algo mais "macabro". História bem interessante! Legal não ter focado só em romance, gosto de livros assim!
    Abraço!

    Já respondi a TAG que me indicou :) >>
    http://blogliterando.blogspot.com.br/2015/02/tag-only-lovely-blog-award.html

    ResponderExcluir
  11. Olá, Eli!!
    Não me interesso muito por livros de romance com vampiros, até porque (pra mim) Crepúsculo foi um fracasso! Realmente não gosto de amores que começam do nada e o casal vive e morre um pelo outro sem ao menos conhecer! Enfim, mesmo assim sua resenha foi ótima e impecável, parabéns!
    Beijos!
    Rabiscos & Cenas

    ResponderExcluir
  12. Olha eu não conhecia esse livro.
    Pensei até que era algo de terror, mas depois que li a sua resenha fiquei bastante interessada por conta do romance que eu gosto bastante e é meu gênero favorito.
    Mas eu estou tão atolada de livros para ler que vou esperar um pouco, mas assim que possivel eu acho que vou garantir um exemplar pra mim viu? Parabéns pela sua resenha amiga. Muito sucesso pra vc =]

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  14. Então somos duas pq odeio isso de "te vi, te amei". Apesar de sre ficção, preciso acreditar naquilo que to lendo! Ultimamente tudo é tão repetitivo que acabei gostando da premissa da história, como uma boa fã de romances.

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Estou meio saturada de vampiros, então eu realmente não fiquei muito interessada por essa obra, pra mim chega desses seres sobrenaturais! Rsrsrs.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. O livro não me chamou muita atenção, acho que por não ser o meu tipo de leitura favorito. Gostei muito da capa, achei que ficou bem interessante, mas ainda assim não o colocaria na minha estante.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Lia!
    Estou esperando a minha vez hehe
    Eu gosto de livros de vampiros e espero gostar de "Amor e Sangue".
    O triste é que eu sou um dos últimos a receber o livro :/ rs

    Beijos
    ​​​​​​LiteraMúsicas​ | Fanpage

    ResponderExcluir
  18. Esse clube aí dos vampiros que só se alimentam dos animais por algum motivo me lembrou muito Crepúsculo, como se eles no caso fossem os "bonzinhos". E romance assim logo à primeira vista também não vai pra mim ;s parece forçado demais. Ainda assim, pelo que você comentou a autora conseguiu fazer um bom trabalho, acho que eu arriscaria na leitura também :D

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Eve & Adam", vem conferir!

    ResponderExcluir
  19. Olá, Eliana. Tudo bem?
    O tema vampiresco já está meio batido, mas esse livro me deu um pouco de vontade de ler, principalmente por ser de uma autora nacional.
    Em geral, parece uma boa leitura. Espero poder conferir em breve.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de fevereiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  20. Oi Li,
    Não fiquei muito empolgada com esse livro, não curto essa rapidez com que os casais se apaixonam. Isso de um grupo alimentar de sangue animal e o outro grupo alimentar de sangue humano me lembra algumas histórias haha, por hora não pretendo ler o livro.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  21. Nunca tinha visto esse livro... Fiquei interessada pelo modo de escrever da autora mas o tema não me interessou não.

    Beijos ;*
    Resenhista LivreandoFacebook | e | Proseando com uma BibliophileFacebook

    ResponderExcluir
  22. QUE LEGAAAAAL!!!!
    Me lembrou Crepúsculo ♥
    porque tem o clã bom vegetariano e o mal!
    Aiiii amooo livros de vampiros, mas desse tipo, aquelas mais antigos, não curto, não! rsrs
    Com certeza irei ler,sim!!!!!
    Já vou procurar aqui!!
    bjãooo

    Ana
    anairados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Eu nunca tinha ouvido falar do livro, mas confesso que nem tenho muita vontade de ler. No momento estou fugindo de livros de vampiros :P
    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Ai, não consigo ler essas coisas de vampiros se recusando a beber sangue sem pensar me Crepúsculo hahahahah Também não curto romances instantaneos, prefiro os mais bem trabalhados.

    ResponderExcluir
  25. Isso dos vampiros não beberem sangue humano também me lembrou um pouco crepúsculo kkkkk
    O livro parece ser ótimo, mas eu não sou muito fã de livros com vampiros, já li tantos que estou cansada =/
    Mas quando eu voltar a ler livros com vampiros, provavelmente vou ler esse também =D
    Bjss.

    ResponderExcluir
  26. Já li muitos livros sobre vampiros mas esse me conquistou a historia tem algo novo que parece diferente do que já li adorei o Benjamim ele parece um personagem do qual não tem como não gostar !!!

    ResponderExcluir
  27. Não conhecia o livro, mas, apesar de achar ótima a resenha, não me interessei muito pelo livro, pois não curto muito sobrenatural, não é um gênero que me desperta curiosidade em ler. Li bem poucos livros desse gênero. Ainda estou começando a me habituar a ler esse tipo de gênero.

    ResponderExcluir